quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Hoje é dia de oficina de cinema no Cine Sesi


Em debate o cinema de Martin Scorsese

Começa hoje pela manhã e vai até sábado, das 10h às 12h, a quarta oficina de cinema no cine Sesi Pajuçara: A Anti-fantasia de Martin Scorsese. Os ministradores serão Ranieri Brandão e Ricardo Lessa. O objetivo das oficinas é promover a discussão sobre a arte cinematográfica e desenvolver junto com o público freqüentador, o pensamento sobre o cinema: pensante e pensado.


As oficinas vêm acontecendo desde o ano passado e têm como público, geralmente, estudantes e universitários. O interesse dos jornalistas Brandão e Lessa é que esse público se expanda ainda mais, e que alcance outras pessoas e outras faixas etárias também. O debate sobre cinema é possível para todos. Em entrevista com os idealizadores, quando perguntei sobre como fidelizar e trabalhar o interesse do público, tive como resposta, a questão da imagem. A imagem como projeção. Como emissora, ao mesmo tempo em que receptora, da atenção do público, do seu amor pelo cinema.


Talvez seja essa a falha nos meios culturais e da mídia, em outros lugares e, especificamente, aqui de Maceió: A desatenção pela imagem e para o que ela está dizendo. O que faz com que a atenção dispensada ao cinema, seja um tanto displicente. Os filmes são capazes de atrair milhares de pessoas, no mundo inteiro, para as salas de cinema, porque a técnica cinematográfica promoveu a democratização coletiva da imagem. Mas o cinema como veículo para ampliar a consciência da coletividade continua sendo ainda um projeto. A imagem coletivizada, no entanto, raramente é processada para além dos olhos.


Toda imagem, seja ela qual for, traz mensagens. Um filme de baixa qualidade traz mensagens, assim como uma música de baixa qualidade, um objeto... Tudo traz a sua mensagem. O que nos falta é a capacidade de ‘ler’ essa mensagem. De percebê-la como favorável ou não. A proposta de discutir e debater o cinema faz dessas oficinas o local onde a leitura das imagens do mundo projetado nas telas, sob a ótica de consagrados diretores (Almodóvar, Tarantino, Scorsese e tantos outros), vêm à luz e se mostram. Ou nos mostram a nós mesmos. Afinal, é disso que trata o cinema: do homem, das suas alegrias, frustações, contradições, vitórias. É o registro, por imagens, da vida humana.

Os ingressos serão vendidos na bilheteria do cine Sesi até hoje, pessoal! Corra lá que ainda dá tempo!


Boa sorte, Ricardo Lessa e Ranieri Brandão, e que essa oficina seja bastante proveitosa para vocês e para o público!
Parabéns por essa iniciativa!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário