Uma tirinha: Violeta em...

Ilustração: Goretti Brandão

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sagrados, como o fogo de Prometeu

Amanhã já é ontem

O que não se pode pesar