Grafite & Vestuário

Este vídeo-amador, também uma produção minha, de Francimária Ribeiro e Roberto Wagner,  com edição de Ranieri Brandão é de 2009. Ele pretende levantar questões que dizem respeito ao vestuário, como forma/tentativa de se romper engessamentos, e da possibilidade das pessoas buscarem a sua própria identidade. Questiona-se também como, apesar de 'alternativos' grupos fechados se formam. O grafite aparece suporte visual ao próprio vídeo, mostrando ser um canal de comunicação, que também burla a mídia convencional e que consegue enviar mensagens de cunho social, nos espaços urbanos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Jucélio Souza, esse talentoso artista de Pão de Açúcar

Amanhã já é ontem

O que não se pode pesar