quinta-feira, 2 de agosto de 2012

Oração pelo meu aniversário

Dois de Agosto de 2012: Frio, umidade, chuva de inverno, dia nublado e contentamento. Deus em mim habita. Eu o sei, porque vi a chuva caindo, o dia iniciado, as flores extasiadas de cores  em meu jardim, as folhas ainda mais verdes, molhadas, o canto dos pássaros, e enchi o coração de júbilo. Um júbilo Maior. Eu senti, profundamente, a força da minha existência fazendo parte da tecelagem, sendo como um ponto, ínfimo, mas presente, na extensão daquilo que É eternamente. 
Sou humanamente necessária para que os mistérios sejam os mistérios que são. Aos sábios, a Sabedoria, essa, que principia no temor santo às coisas da Divindade. Bendita seja a Luz que me ilumina e que me conduz através do meu tempo, em tudo aquilo que sou e que faço. É a Deus-Santíssimo, em Espírito e Verdade, que entrego hoje, todas as lições a mim destinadas, com seus questionamentos humildemente respondidos. 
Não perfeitos, tampouco completos, mas plenos do que conheço e do que aprendi. Que tudo o que eu tenha recebido, seja parte ativa, do que  o Altíssimo a si próprio testa, usando a minha vida, para que eu sirva aos seus segredos e à sua construção. Que a mim, seja apenas revelado, como Graça pelo dom da Sabedoria, o ponto - em que lugar eu Sou -, e onde a minha existência participa no equilíbrio do universo, intrinsecamente, à Glória de Deus.

2 comentários: