Surpresa

Ilustração: Goretti Brandão
Saio da cama, que o galo já me reclama:
Acorda 'mulé' que a hora é chegada!
Há quanto tempo eu dormi, 
que nem princesa encantada?
Não há palácio, nem hera, 
sequer o beijo esperado.
E no espelho que me aguarda, 
uma senhora de idade, que eu não conheço, 
é verdade!
Teima em afirmar que sou eu...
Em que sonhos se perdeu,
a mocinha que sonhava?








Comentários

  1. Assim estou eu, entre o sonho e a idade...Paciência, quero mesmo é sonhar, obrigada poetisa, expressa os meus sentimentos.

    Mirya Ferro

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Jucélio Souza, esse talentoso artista de Pão de Açúcar

Amanhã já é ontem

O que não se pode pesar